Geyer, Kruspe

Dúvidas em Relação à Trompa, questões técnicas, de execução, construcção, interpretação, etc...

Moderadores: Gil Brasil, rmatosinhos

Responder
Adriano
Membro Nível 1
Membro Nível 1
Mensagens: 5
Registado: 21 mar 2014, 03:43

Geyer, Kruspe

Mensagem por Adriano » 21 mar 2014, 03:52

Por favor,me explique a diferença

RubenPt
Membro Nível 2
Membro Nível 2
Mensagens: 69
Registado: 31 jan 2014, 20:40
Localização: Portugal

Re: geyer , cruspe

Mensagem por RubenPt » 21 mar 2014, 20:40

Bem, antes de mais bem vindo ao fórum, o estilo geyer é virado para um som brilhante soa quase como um trompete e kruspe é virado para som escuro um som cheio e solene mas, existem certamente pessoas que te expliquem melhor, abraço :tr1:

Avatar do Utilizador
Marco Trompista
Membro Nível 3
Membro Nível 3
Mensagens: 75
Registado: 09 nov 2012, 11:56
Localização: São Paulo , Brasil

Re: geyer , cruspe

Mensagem por Marco Trompista » 03 abr 2014, 01:39

Ola pelo que O Gil e Matosinhos me explicaram Geyer tem o Rotor de mudanças após os demaie e é para o som mais Agudo e o Kruspe tem o Rotor Antes dos demais ou seja perto do dedo Polegar e é mais indicado para o som mais grave é mais ou menos isso abraço

Avatar do Utilizador
Gil Brasil
Moderador
Moderador
Mensagens: 928
Registado: 31 dez 2009, 17:59
Localização: Minas Gerais, Brasil

Re: geyer , cruspe

Mensagem por Gil Brasil » 30 abr 2014, 00:49

As trompas, geralmente, tem construção baseada em dois modelos mais comuns: Kruspe e Geyer, porém existem outros tipos que mesclam esses moldes, como a Geyer-Knopff, ou a Alexander 403, que tem rotor centralizado.

Kruspe: modelo mais antigo e tradicional, amplamente reproduzido, rotor de afinação antes das 3 chaves, campana geralmente mais larga, geralmente mais preferida por orquestras americanas e grande parte das europeias, melhor nos registros graves e médios.

Geyer: modelo mais atual, hoje em produção crescente (Paxman praticamente produz trompas 100% Geyer), rotor de afinação após as 3 chaves, campana mais estreita, preferida por parte das orquestras europeias, mais adequada para registro médio e agudo.

Essas características não são algo rígido, enorme, absoluto, de grandes proporções, muito menos quer dizer que um é melhor que o outro. É como escolher entre BMW ou Audi, vai do gosto do músico. As diferenças são imperceptíveis entre leigos e até mesmo entre muitos músicos, e geralmente, são indiferentes por orquestras, maestros e trompistas.

Recentemente, Matosinhos trocou a Alexander pelo Engelbert Schmid, e isso não é nenhum absurdo, pelo contrário, apenas uma mudança entre duas grandes fabricantes.

Quando digo que a Geyer é mais adequada para agudos, não quero dizer que todos os seus problemas estão resolvidos. Não é isso: ele pode dar alguma vantagem nos agudos em relação à Kruspe, mas nada que seja absoluto. Conheço trompistas que se dão bem com Kruspe e nem gostam de ver Geyer, e vice-versa. Por exemplo, nos EUA há uma forte tendência pelas Kruspe, ma principalmente porque formou-se essa cultura e as grandes fabricantes de lá optaram por este estilo (Conn e Holton).

MODELOS KRUSPE:

Conn 8D Vintage:
Imagem

Alexander 103:
Imagem

Yamaha YHR-668
Imagem


MODELOS GEYER:

Hans Hoyer G10
Imagem

Engelbert Schmid F/Bb
Imagem

Yamaha YHR-667
Imagem

Alexander 200 F/Bb
Imagem

Paxman Model 20:
Imagem
Gil Brasil

RubenPt
Membro Nível 2
Membro Nível 2
Mensagens: 69
Registado: 31 jan 2014, 20:40
Localização: Portugal

Re: Geyer, Kruspe

Mensagem por RubenPt » 30 abr 2014, 14:26

Alguém sabe as diferenças entre a paxman 20 e paxman 25.obrigado

Avatar do Utilizador
Gil Brasil
Moderador
Moderador
Mensagens: 928
Registado: 31 dez 2009, 17:59
Localização: Minas Gerais, Brasil

Re: Geyer, Kruspe

Mensagem por Gil Brasil » 03 jun 2014, 04:04

RubenPt Escreveu:Alguém sabe as diferenças entre a paxman 20 e paxman 25.obrigado
São muito parecidas, ambas do estilo Geyer e são trompas de excelente qualidade, estão no top 1.

As diferenças estéticas são apenas na construção, onde os tubos passam por diferentes lugares entre uma e outra.

Na prática, eu não sei se tem alguma diferença de sonoridade, mas em geral, a Paxman tem um som muito escuro.

Lei que a 25 é mais indicada no registro grave.
Gil Brasil

victor oliveira
Membro Nível 1
Membro Nível 1
Mensagens: 6
Registado: 09 abr 2018, 14:56

Re: Geyer, Kruspe

Mensagem por victor oliveira » 09 abr 2018, 15:04

Bom dia!
Uso uma trompa CONN 8D e estava pensando em trocar por uma Durk D3.
Já testei ela e achei excelente! Porém não toquei num treino junto com uma banda, nem foi por muito tempo... a diferença no som é notoria e a mim agradou bastante! Porém não sei o efeito que teria junto com outros instrumentos e nem pelo fato de tocar muito tempo nela...

O que você me aconselha? Pois o preço dela é bem salgado!
E conversando com outros trompistas, me informaram que ela é uma versão melhorada da alexander 103, confirma?

Ela é do modelo geyer ou kruspe?

Desde já, obrigado pela atenção!

brfhorn
Membro Nível 2
Membro Nível 2
Mensagens: 28
Registado: 11 mai 2010, 18:00
Localização: Brasilia - Brazil

Re: Geyer, Kruspe

Mensagem por brfhorn » 03 mai 2018, 15:02

A D3 é um modelo Kruspe, não possui o quarto rotor em linha como nas Geyer's. Quanto a sonoridade não sei dizer porque nunca experimentei mas imagino que é top, afinal de contas o Baborak toca com uma.

Responder

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes