Trompa Holton ou Conn

Dúvidas em Relação à Trompa, questões técnicas, de execução, construcção, interpretação, etc...

Moderadores: Gil Brasil, rmatosinhos

Responder
gmcs
Membro Nível 1
Membro Nível 1
Mensagens: 8
Registado: 14 nov 2011, 15:45

Trompa Holton ou Conn

Mensagem por gmcs » 17 nov 2011, 19:39

Pessoal tenho uma Weril em Fá, estou querendo mudar para um Holton H- 189 ou Para uma Conn 10 -D qual delas seria a melhor, e equanto a sonoridade e escuro ou brilhante?. eu toco na igreja ccb e bem dificil musicos optarem pela trompa, então so tenho e com isso muitas das vezes precisso fazer um som mais brilhante para poder iquiparar com a grande quantidade de sax alto.

Fábio Lima
Membro Nível 1
Membro Nível 1
Mensagens: 21
Registado: 04 nov 2011, 16:27

Re: Trompa Holton ou Conn

Mensagem por Fábio Lima » 18 nov 2011, 18:21

Apesar de ser iniciante, tenho menos de 1 ano de trompa ,eu já tive estas 2 trompas que você citou, embora modelos diferentes.

Tive uma Conn 6D e mudei para uma Holton 178 e notei uma grande melhora na sonoridade e nas notas agudas, portanto eu escolheria Holton sem sombras de dúvida.

Quanto a tocar na mesma altura do sax alto não vejo isto como necessidade, pois a posição da Trompa na oarquestra da CCB fica bem atrás do sax alto e o seu timbre é inconfundível, sendo assim se houverem 20 sax alto e 1 ou 2 trompas, percebe-se o som da trompa facilmente.

gmcs
Membro Nível 1
Membro Nível 1
Mensagens: 8
Registado: 14 nov 2011, 15:45

Re: Trompa Holton ou Conn

Mensagem por gmcs » 18 nov 2011, 19:26

Fabio Brigado pela ajuda, e você sabe se o som delas e escuro ou brilhante?

Avatar do Utilizador
Gil Brasil
Moderador
Moderador
Mensagens: 932
Registado: 31 dez 2009, 17:59
Localização: Minas Gerais, Brasil

Re: Trompa Holton ou Conn

Mensagem por Gil Brasil » 18 nov 2011, 22:04

gms, são duas trompas de respeito.

Como já dito pelo Fábio, concordo plenamente a escolha pela Holton.

A Holton 189 é da lnha Merker, de alta performance sem prejudicar a sonoridade nos agudos.
Segundo a classificação da própria Holton, a linha Merker é acima da linha das 177, 178, 179, 180, e só perde em refinamento para a H105, a top da Holton.
A H189 é modelo Kruspe e tem campana extra-larga, tendo som bastante escuro. Sendo direto: compre, não vai se arrepender nem um segundo.
Eu já tive uma Holton Farkas H180 e gostei muito, completa, ótima nos agudos (em Fá e em Sib), rotores, pompas, tudo funcionava perfeitamente.

A Conn 10D é linda esteticamente, modelo Geyer, o que tende a ter um som brilhante. Porém, como sempre escrevo, a Conn é uma marca que demanda uma técnica diferente, geralmente mais difícil para os trompistas, apesar de ser a marca mais tradicional nos EUA.

Também concordo com o Fábio quando diz: "Quanto a tocar na mesma altura do sax alto não vejo isto como necessidade, pois a posição da Trompa na oarquestra da CCB fica bem atrás do sax alto e o seu timbre é inconfundível, sendo assim se houverem 20 sax alto e 1 ou 2 trompas, percebe-se o som da trompa facilmente." No entanto, é preciso que o trompista saiba aproveitar as potencialidades da trompa, por isso, sempre pratique e tente melhorar. Ou seja, esqueça isso: "com isso muitas das vezes precisso fazer um som mais brilhante para poder iquiparar com a grande quantidade de sax alto."

Hein, Fábio, quando o gms diz "na mesma altura", me parece que quis dizer "não ficar apagado em relação aos sax, tocar na mesma potência, para sobressair a eles". Mas, o Fábio matou a charada: é evidente que o som da trompa é inconfundível, muitas vezes, irmãos leigos ficaram impressionados com o som diferente da trompa (estava fazendo o contralto), foi aí que o Etim (É-tim), meu irmão amigo camarada, achou lindo demais o hino 34, no coro, nas duas passagens uníssonas das 4 partes.

gms, depois volte aqui e nos conte da H189.

gms e Fábio, vcs são de onde?
Deus vos abençoe.
Gil Brasil

gmcs
Membro Nível 1
Membro Nível 1
Mensagens: 8
Registado: 14 nov 2011, 15:45

Re: Trompa Holton ou Conn

Mensagem por gmcs » 20 nov 2011, 00:22

Deus os abenços pelas dicas,Eu sou da Vila Vessone- São Miguel Paulista SP, e vc?

Avatar do Utilizador
Gil Brasil
Moderador
Moderador
Mensagens: 932
Registado: 31 dez 2009, 17:59
Localização: Minas Gerais, Brasil

Re: Trompa Holton ou Conn

Mensagem por Gil Brasil » 21 nov 2011, 00:29

gmcs Escreveu:Deus os abenços pelas dicas,Eu sou da Vila Vessone- São Miguel Paulista SP, e vc?
Tá no meu perfil ao lado, Frutal - MG, quase às margens do Rio Grande, na divisa com seu Estado.
Compre a Holton H189, é um maquinão hein!

A Paz de Deus.
Gil Brasil

Fábio Lima
Membro Nível 1
Membro Nível 1
Mensagens: 21
Registado: 04 nov 2011, 16:27

Re: Trompa Holton ou Conn

Mensagem por Fábio Lima » 23 nov 2011, 16:03

Eu sou de Itapevi, grande SP.

É isso mesmo Gil, às vezes para nós que estamos tocando na orquestra não temos a idéia da projeção do som da trompa,até mesmo tocando com suavidade pessoas leigas notam a diferença com a orquestra com ou sem a trompa.

Acho que se na CCb as pessoas se informassem mais e não fossem somente pela estética, a trompa não seria um instrumento tão raro de se ver.

Aproveitando o seu conhecimento, e mudando um pouco o assunto,entre a Holton 178(modelo que possuo) e as Alexander, a diferença é tão gritante assim?As notas agudas se tornam bem mais fáceis ou a melhora neste sentido é pouca?

mapereira
Membro Nível 4
Membro Nível 4
Mensagens: 138
Registado: 31 jul 2010, 02:39

Re: Trompa Holton ou Conn

Mensagem por mapereira » 25 nov 2011, 01:51

Paz de Deus, Fábio
Sou de Várzea Paulista, perto de Jundiaí; fala pra mim o dia de ensaio na sua comum e na regional daí de Itapevi.
Só lembrando: Itapevi é depois de Mairinque, sentido capital?

Avatar do Utilizador
Gil Brasil
Moderador
Moderador
Mensagens: 932
Registado: 31 dez 2009, 17:59
Localização: Minas Gerais, Brasil

Re: Trompa Holton ou Conn

Mensagem por Gil Brasil » 28 nov 2011, 01:06

Fábio Lima Escreveu:Eu sou de Itapevi, grande SP.

É isso mesmo Gil, às vezes para nós que estamos tocando na orquestra não temos a idéia da projeção do som da trompa,até mesmo tocando com suavidade pessoas leigas notam a diferença com a orquestra com ou sem a trompa.

Acho que se na CCb as pessoas se informassem mais e não fossem somente pela estética, a trompa não seria um instrumento tão raro de se ver.

Aproveitando o seu conhecimento, e mudando um pouco o assunto,entre a Holton 178(modelo que possuo) e as Alexander, a diferença é tão gritante assim?As notas agudas se tornam bem mais fáceis ou a melhora neste sentido é pouca?
A Paz de Deus, Fábio.

Sobre a estética da trompa, eu acho perfeita, linda, mais bonito de todos os instrumentos em estética, fico namorando a minha trompa, olhando as curvas. Para falar a verdade, todo instrumento musical é uma obra de arte para mim.

Nunca a achei a trompa feia, nem quando a vi pela primeira vez, quando tinha 13 anos de idade e olha que era uma Weril Master dupla, niquelada, de pistos ainda. Tem gente que fala "o enroladinho", "o caramujo", "a conchinha", mas eu fico é rindo, é só uma maneira deles se identificar no início.

Sobre a Holton 178 e Alexander, posso dizer que a Holton já é uma trompa profissional usada por muitos trompistas de orquestras mundo afora. A Alexander é considerada uma das tops, sendo a mais famosa. No entanto, vi dizer que ela demanda muita dedicação para ser dominada, não é tão fácil como se parece, na verdade, é uma tradição em termos de trompa. A diferença pode ser gritante (como diz você) se ao tocar uma e outra, se sentir muito mais confortável ao tocar ou gostar mais do som, do timbre, da projeção.

Notas agudas podem ser conseguidas em qualquer trompa, mas umas têm são construídas para este fim, tais como as triplas e descants, e algumas marcas ou modelos que a gente acaba identificando lendo aqui e ali, trocando ideias.

Por exemplo, Holton, Yamaha, Schmid (esta é top junto com a Alexander, Paxman, Lewis & Durk) são boas para agudos, enquanto Conn não é muito afamada por agudos, mas por ter um som mais escuro e melhor nas notas médias e graves. Tive uma Holton H180 e gostei muito nos agudos. Agora estou com uma Hans Hoyer 6802 e gostei mais na facilidade para tocar em Fá do que na Holton, mas nos agudos acima de Lá4 (da trompa em Fá; Ré4 em relação aos instrumentos em Dó) ainda não vi diferença de performance.

Te falo que uma Holton serve muito bem a maioria dos trompistas, do resto é questão de escolha mesmo, gosto, necessidade e poder aquisitivo.
Gil Brasil

Fábio Lima
Membro Nível 1
Membro Nível 1
Mensagens: 21
Registado: 04 nov 2011, 16:27

Re: Trompa Holton ou Conn

Mensagem por Fábio Lima » 07 dez 2011, 12:05

Amém Gil, Deus abençõe pela resposta.

Experimentei uma Hans Hoyer 6802 esses dias e gostei muito.........tá certo que original dela é propício para os agudos, mais consegui alcançar facilmente o La 4 SI4 e o DO5, que na minha Holton só saem em dias de muita inspiração rsrsrs.

Se possível fale mais sobre esta trompa, pois toquei nela apenas por 15 minutos :rolleyes:

Avatar do Utilizador
Gil Brasil
Moderador
Moderador
Mensagens: 932
Registado: 31 dez 2009, 17:59
Localização: Minas Gerais, Brasil

Re: Trompa Holton ou Conn

Mensagem por Gil Brasil » 08 dez 2011, 19:29

Fábio Lima Escreveu:Amém Gil, Deus abençõe pela resposta.

Experimentei uma Hans Hoyer 6802 esses dias e gostei muito.........tá certo que original dela é propício para os agudos, mais consegui alcançar facilmente o La 4 SI4 e o DO5, que na minha Holton só saem em dias de muita inspiração rsrsrs.

Se possível fale mais sobre esta trompa, pois toquei nela apenas por 15 minutos :rolleyes:
Estou a cerca de 45 dias com a Hans Hoyer 6802 e ainda não pude me dedicar muito a ela, devido a compromissos com trabalho e faculdade, além de que o bocal ainda não é o ideal que eu queria, Ontem, experimentei um JK 1BK e um JK 01DK. Estou em dúvida com qual ficar, gostei dos dois em diferentes situações.

Mas, enfim, a Hans Hoyer é mais fácil na afinação em Fá do que na Holton H180.
Em questão de agudos achei um pouco superior nas notas Sol3 a Si3 (considerando a transposição para instrumentos em Dó; ou Dó4 a Mi4 na escala natural da trompa Fá) e não percebi diferença de Dó4 acima. Gostei também nas notas graves. Engraçado, a Hoyer me pareceu mais fácil alcançar e tocar agudos em Fá do que em Sib.

Sobre Hans Hoyer para agudos, li num fórum americano (uma opinião de um trompista) que a mais propícia é o modelo G10, modelo Geyer; a HH 6802 é modelo Kruspe. Geralmente tem essa conversa que modelo os modelos Geyer são mais propensos aos agudos, não sei se isso se comprova na prática, mas a Conn 11D é modelo Geyer da marca e anunciada pela própria marca como indicada para agudos.

Quanto a sua experiência, ela é válida mas com ressalvas. Se vc conseguiu agudos na Hans com mais facilidade pode ser um sinal que a Hans faz seu estilo. Porém, pode ser apenas a sensação de trocar de instrumento e ativar outros músculos que não usa na Holton, ou que a sua embocadura (naquele momento estava ou já é consolidada) para a Hans. Aí, para saber a realidade, somente com maior prazo de experimentação.
De qualquer forma, a Hans Hoyer é uma trompa de tradição alemã, com nome consolidado e marca bem vendida na Europa, EUA e Japão.

O que posso dizer é que a Hans Hoyer 6802 é uma trompa de qualidade superior a Holton em alguns quesitos, tais como mais projetada e aberta para a tonalidade de Fá, mais fácil de Dó3 a Dó4 (considerando partitura em Dó), som mais escuro e encorpado. Quando se está aquecido, a Hoyer simplesmente te "convida", "chama" para tocar, ela te dá liberdade para escolher e soprar, mas não queira extrapolar ou perder a concentração, porque ela parece não aceitar qualquer tratamento, tem que ser específico para ela.

Porém, é preciso considerar que a Hoyer precisa ser adaptada ao estilo alemão, afinado em A:443, o que em tese significaria (em minha modesta opinião) reavaliar a intensidade de ataque para centralizar o desvio de frequência em relação às trompas americanas e Yamaha (que geralmente segue os padrões americanos).
Na prática, deve-se mudar a embocadura para definir uma nova velocidade do ar, talvez um pouco mais suave, para não imprimir a Hoyer um elevado volume de ar (apesar que ela suporta enorme volume de ar). Se vc quer extrapolar as particularidades da Hoyer, ela repele o trompista e talvez o resultado não vai ser agradável. Na prática, qualquer instrumento tem suas especificidades e detalhes. Vai depender do trompista se ele se adapta mais a um tipo ou outro.
Gil Brasil

Fábio Lima
Membro Nível 1
Membro Nível 1
Mensagens: 21
Registado: 04 nov 2011, 16:27

Re: Trompa Holton ou Conn

Mensagem por Fábio Lima » 09 dez 2011, 18:32

Gil, muito obrigado pela resposta!

O que eu tenho encontrado entre os donos da Hans Hoyer é sempre uma experiência positiva em relação as trompas que tinham anteriormente, e todas a qualificam com um som poderoso, cheio, de muita projeção.

Ainda vou analisar um bom tempo antes de trocar minha Holton atual, que é também um ótimo instrumento, mais sem dúvida nenhuma vou ponderar sua opinião.

Responder

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 8 visitantes