Notas

Dúvidas em Relação à Trompa, questões técnicas, de execução, construcção, interpretação, etc...

Moderadores: Gil Brasil, rmatosinhos

Responder
brenda
Membro Nível 2
Membro Nível 2
Mensagens: 37
Registado: 16 set 2011, 18:54

Notas

Mensagem por brenda » 17 jan 2012, 11:31

Notas Graves e medias podem ajudar a parar a vibraçao na boca? e que eu fico preocupada de subir do fa do 1° espaço que nao dou muita atençao as notas graves sera que ja que eu nao estou conseguindo controla direito ate o ré da 4 linha devo dar um pouco mais de atençao as notas graves agora?

mapereira
Membro Nível 4
Membro Nível 4
Mensagens: 138
Registado: 31 jul 2010, 02:39

Re: Notas

Mensagem por mapereira » 17 jan 2012, 12:37

Olá, Brenda
Bom dia, fico feliz que tenha retornado, é uma grande alegria para todos nós que não desistiu da trompa. Você ainda é muito jovem e tem tempo para aprender e mostrar o seu potencial.
Me diga uma coisa, Brenda:
Qual extensão você consegue tocar sem ter essa "vibração"? De que nota você começa no grave e até qual você consegue ir no agudo?
Você toca em alguma corporação musical? Que partes você toca? Contralto? Tenor? Sua trompa é simples ou dupla?
Sou também um aprendiz na trompa, mas quem sabe posso ajudá-la também?
Manda essas informações prá nós que vai facilitar para podermos ajudá-la.
Felicidades, menina.

Avatar do Utilizador
Gil Brasil
Moderador
Moderador
Mensagens: 932
Registado: 31 dez 2009, 17:59
Localização: Minas Gerais, Brasil

Re: Notas

Mensagem por Gil Brasil » 18 jan 2012, 00:48

brenda Escreveu:Notas Graves e medias podem ajudar a parar a vibraçao na boca? e que eu fico preocupada de subir do fa do 1° espaço que nao dou muita atençao as notas graves sera que ja que eu nao estou conseguindo controla direito ate o ré da 4 linha devo dar um pouco mais de atençao as notas graves agora?
Brenda, vai depender do intervalo de notas que mais necessita em seus concertos.

1. Primeiro, é preciso que você estabeleça (junto ao seu professor ou maestro), a gama de notas que necessita.

2. Resolvida a primeira questão, focalize seus estudos (práticas e treinos) nesta gama de notas. Ex.: pensando em notas para partituras em Dó e clave de Sol, digamos que sua tessitura (gama de notas) é de Dó3 (abaixo da pauta) até Dó4 (3º espaço). Se não consegue toda a gama que necessita, escolha apenas a que consegue satisfatoriamente sem maiores problemas.

3. Dê escalas, primeiro natural e depois cromática. Anote as notas que têm dificuldade em sustentar, ou seja, as que vibram, escrocam (kruuuuuu) ou perdem ar, força ou potência. Pratique essas notas uma por uma até eliminar todas (ou quase todas).

4. Quando sentir que consegue e sustenta todas notas da gama pretendida (ou mesmo que falte uma ou duas notas), passe a explorar fora da gama, subindo e descendo. Anote novamente todas as notas que sente dificuldade. Mas, faça isso com moderação, não fique descendo e subindo de qualquer jeito. Um dia pratique as agudas, ou seja, pratique Dó#4, Ré4, Ré#4, Mi4, etc.; noutro dia, pratique as graves, Si2, Sib2, Lá2, etc.

5. Vá praticando e melhorando nota a nota, natural e cromática, quando se sentir segura, passe para a outra nota seguinte.

6. Diversifique os estudos tocando dinãmicas (se não conseguir em todas as alturas, faça as que consegue):
ppp - muitíssimo baixo (som mais baixo que conseguir, quase não se ouve o som)
pp - muito baixo
p - baixo
mp - meio baixo (um pouquinho mais baixo que a altura normal, vamos dizer)
mf - meio forte (um pouquinho mais alto que a altura normal,vamos dizer)
f - forte
ff - fortíssimo
fff - muitíssimo forte (som mais forte que conseguir)
E ainda, também, pode começar pianíssimo (ppp) e aumentar a intensidade até o grau que conseguir (crescendo) e vice-versa (diminuendo).

7. Quando atingir um bom nível de sustentação das notas, dentro e fora da sua gama de trabalho, sempre que praticar ou fizer aquecimento, comece com as notas da sua gama e depois pratique as fora da gama para manter o condicionamento adquirido.
Do resto minha querida, paciência e prática, dia a dia, não se aprende a dirigir um carro da noite para o dia, é preciso praticar, quanto mais nossa temperamental trompa.

Bons estudos.
Ah, pode continuar com o seu bocal, JK é muito bom e confortável. A dica que coloquei no outro post foi só uma opinião, ok?
Gil Brasil

Avatar do Utilizador
Cátia
Membro Nível 4
Membro Nível 4
Mensagens: 135
Registado: 23 set 2011, 22:29
Localização: São José dos Campos

Re: Notas

Mensagem por Cátia » 18 jan 2012, 10:00

Olá!
Falando sobre esta vibração nos lábios.....
Quando isto acontece, eu descanso um pouco e começo novamente. Inicio meus estudos com notas graves, por exemplo: o Sol1, e vou subindo. Pra mim, exercitar notas graves, me ajudaram a alcançar as notas agudas. Porém, esta vibração só acontece nas notas graves. Com as notas agudas, e após ter tocado algumas peças de alturas variadas, ou durante um certo tempo tocando, sinto que meus lábios não obedecem mais. Ficam "anestesiados". Nenhuma nota sai. Aqui o pessoal diz: " fiquei sem boca" :? Daí, não tem jeito. Tenho que dar uma paradinha pra recomeçar. :tr1:

hugoleo
Membro Nível 3
Membro Nível 3
Mensagens: 86
Registado: 09 jun 2011, 23:08

Re: Notas

Mensagem por hugoleo » 18 jan 2012, 22:00

Comigo tambem acontece isso mais acho assim, e igual o Sr. Mathosinho falo e paciencia e bastante estudo eu tambem nao tenho professor sei como e dificil mais se tamos afim mesmo isso nao importa voce da o melhor de voce sem ele por medio praso ate arrumar um, voce divia fazer o teste na escola Municipal de Sao paulo eu com 10 meses de trompa vou fazer uashuhsah ... mais ja me deixaram bem claro que nao procuram profissionais la e sim alunos ... entao eu vou dar o melhor demim e que venha o resultado ^^ voce divia fazer tambem brenda acho uma boa o professor de la é o Trompista Sólo da OSESP o Ozeas Arantes super gente boa e super competente ^^

Avatar do Utilizador
rmatosinhos
Administrador do Site
Administrador do Site
Mensagens: 1603
Registado: 23 dez 2004, 18:22
Localização: Ermesinde
Contacto:

Re: Notas

Mensagem por rmatosinhos » 18 jan 2012, 23:08

registo agudo é para os trompetistas (que não tem muito por onde escolher) :D
Ao contrário de outros instrumentos a trompa tem uma tessitura muito extensa e abaixo e acima do dó central há pelo menos 2 oitavas em cada direcção. Assim sendo é conveniente que estude os diferentes registos. No aquecimento não tenha pressa em progredir para o registo agudo. Comece pelo registo médio, desça um pouco e depois volte a subir.
Não compreendi o que queria dizer com a vibração...
Ricardo Matosinhos
Administrador do Forum

Avatar do Utilizador
Cátia
Membro Nível 4
Membro Nível 4
Mensagens: 135
Registado: 23 set 2011, 22:29
Localização: São José dos Campos

Re: Notas

Mensagem por Cátia » 25 jan 2012, 16:55

Quando eu digo que meus lábios vibram, quero dizer que quando sopro notas graves, eles tremem. É um tremor bem rápido.

Avatar do Utilizador
rmatosinhos
Administrador do Site
Administrador do Site
Mensagens: 1603
Registado: 23 dez 2004, 18:22
Localização: Ermesinde
Contacto:

Re: Notas

Mensagem por rmatosinhos » 25 jan 2012, 23:03

É difícil de dizer o que será sem ver e ouvir, mas quando os cantos da boca estão demasiado relaxados pode escapar algum ar. Se for o caso tente fechar mais os lábios horizontalmente e abrir verticalmente.
A abertura da embocadura tem a forma de uma amêndoa, mas o bocal é redondo...
A ideia é que os lábios tenham uma forma mais próxima do bocal e assim não escape ar.
Ricardo Matosinhos
Administrador do Forum

Avatar do Utilizador
Cátia
Membro Nível 4
Membro Nível 4
Mensagens: 135
Registado: 23 set 2011, 22:29
Localização: São José dos Campos

Re: Notas

Mensagem por Cátia » 26 jan 2012, 11:38

Obrigada, Matosinhos.

Responder

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante