A influência da trompa natural na actualidade

Opiniões de trompistas relativamente a diversos assuntos. (Para que o Forum se torne realmente util, p.f. justifique as suas opiniões.)

Moderadores: Gil Brasil, rmatosinhos

Responder
marimaduro
Membro Nível 1
Membro Nível 1
Mensagens: 1
Registado: 26 out 2014, 15:49

A influência da trompa natural na actualidade

Mensagem por marimaduro » 26 out 2014, 16:12

Boa tarde!

Este ano vou terminar o Curso Profissional de Instrumentista de Sopro (Trompa) e para concluir o curso é preciso fazer uma Prova de Aptidão Profissional que consiste numa Dissertação e num Recital. Para a Dissertação eu escolhi um tema, que acho muito produtivo e não tão vulgar quanto isso, que é a influência da trompa natural no trompista moderno. Para a realização da dissertação, pensei em conter testemunhos de trompistas em que a trompa natural tenha feito parte da sua aprendizagem e é para isso que aqui estou; gostaria de saber se alguma vez executaram a mesma obra, tanto na trompa natural como na trompa moderna, e quais foram os pós e contras de o terem feito e porque razão foi importante a trompa natural no vosso percurso.

Obrigado a todos e fico a aguardar uma resposta,
Mariana Maduro

Avatar do Utilizador
rmatosinhos
Administrador do Site
Administrador do Site
Mensagens: 1600
Registado: 23 dez 2004, 18:22
Localização: Ermesinde
Contacto:

Re: A influência da trompa natural na actualidade

Mensagem por rmatosinhos » 28 out 2014, 07:08

Olá. Essa foi a minha abordagem à trompa natural, tal como referi na entrevista que dei à Horn Call e que saiu na edição deste mês. Exemplos de algumas obras que já toquei tanto em trompa natural como moderna, os 4 concertos de Mozart, a Sonata de Beethoven, o Concertino de Weber, os 2 Concertos de Haydn, o 7º concerto de Stich.
Essa abordagem foi feita após ter concluído a licenciatura e por iniciativa própria pois ainda não existem cursos de trompa natural em Portugal, então para tal tive que me basear na bibliografia existente e frequentar cursos nos estrangeiro. Cerca de 200 anos de música fora escritos para trompa natural, não era habitual os compositores serem tão detalhados na indicações de dinâmica e articulações uma vez que muitas destas indicações eram naturais no caso da trompa natural. Com a trompa moderna as notas ficam todas iguais, ou pelo menos mais aproximadas então torna-se importante conhecer a trompa natural e as suas características para melhor interpretar em trompa moderna. A trompa natural tem igualmente uma vantagem, pensando nas tonalidades solo (Sol, Fá, Mi, Mib e Ré) acabam por ser tubos bastante compridos quando comparados com uma trompa dupla. Um maior comprimento de tubo implica um maior controlo da velocidade do ar, e da certeza do ataque, algo que depois ao ser tocado em trompa dupla só tem vantagens. A trompa natural dispensa a transposição e o trompista pode frasear de uma forma mais natural sem ter este entrave técnico. Além disso ao tocar hoje numa trompa moderna em transposição Ré por exemplo, ficamos na maioria das vezes em lá maior, tendo que utilizar bastante o 3ª dedo que teima em não obedecer à mesma velocidade dos outros. A mesma passagem em trompa natural fica habitualmente em dó maior. Numa trompa natural, talvez pela manipulação da afinação de algumas notas usando os lábios, torna-se necessário maior resistência muscular.

Há um livro que está pensado no seguimento dessa temática:
Austin, Paul - A Modern Valve Horn Player's Guide to the Natural Horn (http://www.birdalone.com)


Algumas igualmente algumas teses sobre o assunto (pode encontrar os links e outras referências no meu site (http://www.ricardomatosinhos.com):

Wick, Heidi F.
Applying Natural Horn Technique to modern valved horn Performance practice
The Ohio State University, 2001

Alpert, Michael Kenneth
A Trompa Natural para o Trompista Moderno
Universidade de São Paulo, 2010

Bonnell, Bruce M.
The Quintet for Horn, Violin, Two Violas and Cello, K. 407, by W.A. Mozart: Analytical Techniques and the Interpretation of the Work for the Natural Horn
Indiana University, 2003

Greaves, Adam
The artistic merits of incorporating natural horn techniques into valve horn performance: a portfolio of recorded performances and exegesis.
University of Adelaide, 2012

Walshe, Robert
The horn and Richard Strauss: Selected aspects of the horn concertos; the influence of the natural horn
Ricardo Matosinhos
Administrador do Forum

Responder

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 0 visitante